Mensagem do Caboclo Pena Branca


15.05.2011
Intrudução de Arquimedes Estrázulas Pires
para uma “canalização” da Médium Marlene Maria

Bons espíritos jamais canalizam mensagens através de maus espíritos. Isto quer dizer que jamais um bom espírito fará de um mau médium o seu canal de comunicação com o plano físico.
            Entenda-se por mau médium aquele que, movido pela vaidade ou pela pretensão de saber tudo, inconscientemente faz-se instrumento de espíritos sem conteúdo ou credibilidade, mesmo quando se acredita detentor de méritos e dons extraordinários.
            Jesus Cristo, diz que não devemos acreditar em todos os espíritos sem antes verificar se são de Deus. Com isto Ele quer dizer que, sendo individualidades universais, os espíritos comportam-se em qualquer quadrante cósmico em que estejam, sempre com suas peculiaridades e características morais e éticas. Um bom espírito é um bom espírito em qualquer lugar, situação ou dimensão em que se encontre. Idem para os maus espíritos, que por suas obras, palavras e atos acabam revelando sua verdadeira identidade; é apenas uma questão de observar.
            Tudo isto pra dizer que estou feliz em conhecer os dotes espirituais da Médium Marlene Maria, pessoa a quem conheço há mais de vinte anos e de cujos pendores mediúnicos nada sabia. Feliz porque a mensagem que abaixo publico, canalizada por ela na data ali registrada, mostra em suas entrelinhas, em seu conteúdo e em sua essência, a personalidade de um grande e iluminado espírito que, por absoluto referendo à humildade e à elevação moral que possui por força do que já evoluiu milênios afora, identifica-se pelo codinome de “Caboclo Pena Branca”. De que outro modo alcançar o coração dos simples, se não pela simplicidade?
            Abra a alma e deixe que a Luz de Pena Branca o(a) inspire nos caminhos do amor, da esperança e da fé:

“Salve todos aqueles que se dispõe a escutar a voz deste caboclo. Grave é o momento que vive este planeta. Um grande passo está sendo dado na Escola do Universo. Estais todos sendo preparados de alguma forma e convidados a se moverem rumo a uma dimensão superior.
Buscai ver o mundo em que viveis, com os olhos do amor. Oferecei vosso tempo em caridade. Mais do que caridade material, a Humanidade carece da caridade do verdadeiro amor. Do amor desinteressado, do amor que
ama e é feliz somente por amar. Do amor que não pede nada em troca. A compaixão é um belo exemplo deste amor.
Compreendam o que consideram falhas nos outros. Sois todos semelhantes, sois todos irmãos, sois todos emanados do mesmo princípio. Se diferenças há entre vós, é porque a diversidade é uma característica do Universo. E o Criador a todos concebeu com o mesmo amor. Amai, pois, antes de qualquer avaliação ou julgamento.
Deixai passar o que considerais ofensas, sofrimentos ou dores. Buscai cada vez mais sintonizar-se com as correntes elevadas do astral. Todos ficareis bem. Não haverá ovelhas perdidas no rebanho do Pai, já nos ensinou
o grande Mestre Jesus. Lembrai-vos, pois, que sois todos filhos muito amados do Criador do Universo.
Estais todos aqui, para viver as experiências da vida em um corpo humano. Não estais aqui com propósitos de acumular bens materiais ou riquezas, mas sim para descobrir vossos talentos e habilidades. Buscai atividades que façam seus corações se elevarem. Buscai prazer e alegria em vossas vidas. Não aqueles prazeres mundanos, que escurecem vossas almas. Mas os prazeres simples do dia-a-dia, do bem querer a todos. Aqueles prazeres que trazem paz à vossa alma. Contemplai o belo mundo em que viveis e aproveitai vossos dias; não em queixas e lamentos, mas com alegria. E
sempre há motivos para sentirdes alegria. O fato de estardes respirando todos os dias é uma grande alegria.
Aproveitai o tempo que vos é concedido neste corpo humano e buscai o
crescimento pessoal, o crescimento interior. Esta é a única riqueza real. E já tendes muito dela. É uma questão de despertar. É preciso acordar para a realidade de quem sois vós. Sois mais que vossas profissões e cargos no  plano material. Sois mais que a personalidade que vestis nesta encarnação, que é apenas uma das tantas que já vivestes e de tantas outras que ainda ireis experienciar. Sois espíritos divinos encarnados. Lembrai-vos disso filhos queridos. Lembrai-vos que sois criados à semelhança de Nosso Pai Divino. Sois centelhas de luz e de amor. Por que andais de cabeça baixa? Contemplai os céus... Contemplai os astros, contemplai as belezas do mundo e entendereis que sois todos integrantes de uma grande família. Tendes todos a mesma importância nos projetos do Criador.
Segui firmes e confiantes de que estais buscando o caminho para dentro de vós mesmos. É lá que reside a força que buscais. È dentro de vós mesmos que está a fonte da vida, do saber, do amor, da abundância e da felicidade que buscais. Serenai vossos corações, e tereis sempre uma resposta aos seus questionamentos.
Orai e ouvi as respostas que vos envia nosso Pai; seja por meio de sinais, seja pelos seus anjos protetores e guias, seja por meio de outras pessoas.
Segui firmes e confiantes de que realizareis o que vos propusestes para esta jornada terrena. O Pai os abençoa. Vossas famílias espirituais vos abençoam e torcem pelo seu sucesso nesta caminhada. Caboclo Pena Branca deixa também a bênção a todos que buscam trilhar o caminho do autoconhecimento, o caminho que leva à luz interior.
Salve.
Caboclo Pena Branca”
(pela médium Marlene Maria – em 04-05-2011)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atlântida – No Reino da Luz – Vol. 1.

LIVRO - A HISTÓRIA DE UM ANJO