Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 12, 2010

MORTE?

Imagem
                          MORTE?

                                             17.12.2010
Arquimedes Estrázulas Pires
O que é esse tão temido fenômeno a que chamamos de morte? Na verdade, nada mais do que uma simples mudança de condição existencial. Uma simples mudança de dimensão e frequência. Se olharmos essa condição de existência por ângulos diferentes daqueles a que – culturalmente - estamos acostumados a olhar, fica mais fácil entender que a morte não existe. Uma planta, quando “morre”, apenas muda da condição a que nos acostumamos a vê-la, para uma nova condição. Agora já não é mais uma planta, mas uma fonte de energia para outras formas de vida. Durante o processo de decomposição alimentará alguns bilhões de microorganismos que, alimentando-se de suas céluas, as decomporão em micronutrientes que alimentarão outras formas de vida microscópica e outras plantas. Esse processo é cíclico e contínuo. Os microorganismos que aí se alimentarem atingirão o seu limite de vida e ao “morrerem” re…

Natal outra vez

Imagem
Então é Natal outra vez Quem chegou até este estágio do ano que se acaba poderá descobrir que:
1 – Transpôs obstáculos e ficou mais forte; 2 – cometeu erros e teve a necessária sensibilidade para aprender com eles; 3 – obteve vitórias sobre si mesmo e chega a um marco que indica novo tempo, de esperança e de fé; 4 – conquistou posições novas no jogo da vida e torna-se, proporcionalmente a isso, maior diante de si mesmo; 5 – constata que está VIVO e que, em razão disso, muito mais do que as eventuais reclamações, próprias de nós, humanos, deve AGRADECER a Deus por essa magnífica descoberta e tudo o que ela encerra: família, amigos, saúde, trabalho, conhecimento, oportunidades, escolhas, plantios, colheitas, resgates, sabedoria, amor, paz e Luz! São as Bênçãos de Deus e, independentemente do ângulo pelo qual você as vê, certamente as recebe, diuturnamente, em profusão.      É com essa interpretação que desejo cumprimentar a todos pela chegada do dia do Natal. Não o natal das compras, da cidade a…

Universalismo Crístico

Imagem