domingo, 25 de outubro de 2009

“Um Tempo de Transparência”



Fonte: http://www.Selacia.com

Cortesia: Ysolina Martins

Tradução: Arquimedes Estrázulas Pires

A partir do ano 2010 será muito mais difícil esconder a verdade. As paredes que separam a realidade, da ficção, serão enfraquecidas sob a força da consciência de luz que está aflorando na humanidade. A transparência será o lema dos novos tempos.

O que significa isso e quanto é relevante para vocês, os Divinos Feitores da Mudança?

Em nível global significa que muitas das disparidades e disfunções de seu mundo sairão das sombras da ignorância. Enquanto isso estiver acontecendo, as situações que há muito tempo estão fora de equilíbrio serão vistas e reconhecidas como desnecessárias e prejudiciais, muito mais do que no presente.

Do mesmo modo, as verdades universais sobre a energia e a interconexão entre os seres vivos, emergirão até a corrente principal de pensamento, compreensão e entendimento, com velocidade acelerada.

Em todo o Planeta haverá uma sensação crescente da consciência de que muitas coisas não são, realmente, como pareciam ser.

Até muito recentemente era como se essa corrente principal permanecesse guardada em uma caixa, embrulhada e amarrada fortemente com um cordão. O ano 2010 anuncia um afrouxamento adicional do cordão em volta da caixa.

As coisas do pensamento convencional externo, em que vocês acreditaram durante tanto tempo, receberão uma referência digna da crença geral de que têm origem em fontes pouco prováveis ou até inimagináveis.

Não se surpreendam quando ouvirem que algumas figuras públicas, de grande destaque, declaram acreditar que exista vida em outros planetas. Estejam preparados, também, para anúncios de cura para enfermidades devastadoras, como o câncer, por exemplo. Algumas enfermidades poderão até receber nova classificação, à medida que os pesquisadores compreendam como funcionam os sistemas de energia interconectados no corpo humano.

A história do Planeta também será vista sob o efeito de lentes especiais. Porque os responsáveis pelas grandes tomadas de decisão - e a comunidade científica internacional - estarão em luta permanente e determinada pela descoberta de soluções para a imensa lista mundial de inquietações que têm surgido para a humanidade terrena.

As pessoas que aparentemente não estavam despertas, começarão a conectar-se entre si, desejosas de uma vida mais centrada no coração. Esse desejo – muitas vezes incompreendido - abrigará a recordação da existência de uma força espiritual que está no centro de cada Ser. Essa é a “Centelha Divina” que está no interior de toda a vida.

As sensações iniciais desse recordar – então ainda difuso - serão à maneira de um descontentamento generalizado. Quando o descontentamento crescer suficientemente, as pessoas começarão a questionar-se mais profundamente e então pedirão coisas diferentes daquelas que até então tinham como suficientes à sua existência.

Compreendendo os outros

Isto está sendo mencionado aqui para que vocês conectem-se aos outros com mais facilidade e unam-se, como numa linha de pontos, quando seus amigos, colegas e seres amados comecem a despertar e agir diferente do que até então. É possível que vocês fiquem maravilhados com esse despertar, mesmo que tudo possa lhes parecer desconcertante.

Por parecer que a irritação e o descontentamento serão devidos a coisas produzidas por vocês mesmos, no passado, não será raro que muitas perguntas sejam colocadas em absurdos debates e queixas. Seguramente o que tiverem feito será um catalisador para o descontentamento, mas não a razão para tal.

Nada será pessoal! Se puderem recordar isso quando forem arremessados ao centro do caos do despertar de outra pessoa, será mais fácil para que possam encontrar seu próprio centro de referência e consciência.

Durante o ano 2010 terão muitas oportunidades para lapidar suas capacidades de discernimento. À medida que a transparência das verdades universais for aumentando, terão muito em que pensar e muito a examinar.

Haverá, no entanto, muitas informações fidedignas que sairão da luz envoltas em mentiras; isso poderá significar que parte do que lhes será mostrado será verdadeiro, mas o quadro total poderá estar distorcido. Alguns, fingindo ser transparentes, apresentarão uma mistura de informações feitas de meias verdades.

Para que estejam certos sobre o que virem e ouvirem, a verdade será mostrada em todas as suas cores, no momento apropriado.

As inconsistentes roupas da ignorância não poderão ser mantidas por mais tempo, enquanto o Planeta evolui para uma consciência mais elevada. Quando a humanidade disser sim ao bem, estará transformando o mal, eliminando a má vontade e permitindo que a verdade seja cada vez mais transparente.

Vocês como Feitores da Mudança

Vocês não devem esquecer que, como Divinos Feitores de Mudanças, estão na Terra agora para compor a vanguarda das mudanças necessárias para a elevação do Planeta de vocês, à Luz. Ser um Feitor de Mudanças, no caso, significa estar se movendo em direção à Criação Consciente e aí retomando o poder que lhe pertence por direito Divino.

Vocês estão sendo influenciados positivamente pela Espiritualidade e já reconhecendo que provém Dela. Já estão de posse dos meios para retornar à existência centrada no coração; sua natureza verdadeira. Observem que a maioria de vocês esqueceu sua herança Divina e aprendeu a manter-se desconectada entre si e da força de Deus, O Alimento da vida.

Devido à consciência e às experiências antigas, adquiridas na viagem através da existência, a maioria de vocês está entre aqueles que já apresentam um bom nível de conhecimento, nestes tempos de crise planetária. Lembrem-se, porém, que o fato de estarem mais ou menos perto da Luz não os faz especiais ou melhores do que o seu próximo. Apesar disso, sua Luz e a forma pela qual podem expressar-se pode ser de imensa ajuda a outros que estão nas fases preliminares do despertar.

Essa Luz, que muitos de vocês já apresentam, também pode ser uma força benfeitora e fundamental para outros trabalhadores da Luz, que estão fazendo sua viagem de aperfeiçoamento ao lado de vocês, com esforço conjugado. Esses companheiros de jornada precisam saber que não estão sozinhos. Vocês devem passar a eles a certeza de que esse é – e deve continuar sendo – um esforço grupal. Todos devem ajudar-se mutuamente pra que possam mover-se mais facilmente através do caos, permanecendo lúcidos e conscientes. Cada um pode e deve ser a âncora que dá segurança a todos os demais.

As pessoas, cada uma em sua esfera de influência energética, estão enfrentando desafios semelhantes; são incertezas, mudanças circunstanciais, reconfiguração econômica, caos em curso e todo tipo de relações tensas. Essas pessoas enfrentam tudo isso sem se perguntarem se estão preparadas como vocês estão. Nesta vida, como em vidas passadas, vocês têm cumprido deveres e tido lições e experiências em que muitos estão sendo iniciados apenas agora. Esse estágio relativamente avançado em que estão os ajudará muito, em 2010.

Um fator que os está ajudando muito, ainda que não o saibam, é que já aprenderam usar ferramentas de grande utilidade para fazerem frente a tantos problemas. Já aprenderam, por exemplo, como usar a intuição para enfrentar problemas fundamentais da existência.

Também aprenderam que a chave para a paz é o exercício para criar paz; o que se consegue com pensamento, sentimento e vontade.

Ninguém mais tem dúvidas sobre o fato de que a relação de cada um com seu próprio espírito é o elemento que agrega e recoloca nos devidos lugares as peças importantes da existência de cada um, que até então estiveram fora do lugar; mas também podem agir em sentido oposto, se não houver equilíbrio nessa relação.

Este é o tempo para todos vocês colocarem em prática o que já aprenderam. É importante que atuem em todas as frentes que já conhecem. Façam isso, mesmo quando perceberem que ainda não têm todas as respostas.

Comecem! E verão que a cada dia mais respostas lhes chegarão; e isso acontecerá à medida que as necessitem.

Confiem! E suas ações, repletas de Luz, farão a diferença em todas as coisas que possam influir no progresso de sua própria alma e no futuro de sua amada Terra.

Lembrem-se de que os seres humanos têm uma ideia distorcida, do tempo. Pode parecer que ninguém esteja preparando-se para a grande mudança de vida sobre a Terra. Para o olho desatento, a confusão que presentemente se observa pode parecer um fenômeno recente. No entanto, isso não corresponde ao jeito como o Universo se comporta. À medida que compreendam mais e mais, verão que trata-se de uma realidade conhecida por muitos: a vida evolui em ciclos que se movimentam e se renovam continuamente.

O ciclo do atual processo de despertar de consciências na Terra vem ganhando impulso durante milhares de anos. Porém, agora, esse processo está sendo amplificado em sua intensidade e isso significa uma quebra mais rápida das correntes que por muito tempo mantiveram a humanidade aprisionada nos porões da ignorância. A quantidade de conhecimento e a transparência em relação a todos os aspectos que envolvem a sociedade humana estão aumentando, visível e rapidamente; isso é significativo e da maior importância!

A Transparência e a Grande Mudança

A tendência de uma maior transparência não tem nada a ver com política, religião ou desejos e interesses especiais de pessoas ou grupos. Do mesmo modo, não tem nada a ver com o que está certou ou errado. A marcha global para uma clareza maior, no campo do conhecimento, caminha lado a lado com o aumento da vontade de ser e saber, de pessoas de todas as idades. Essa mudança importante implica um enfraquecimento das algemas da ignorância, que têm mantido as massas na escuridão do conhecimento.

Muitos dos problemas que têm afetado a humanidade foram criados ao longo de muito tempo, embora só agora estejam começando a ser compreendidos por ela. Mesmo assim é preciso compreender que a marcha evolutiva para os espíritos ainda encarnados na Terra se desenvolve através de ciclos contínuos, durante os quais as energias disponíveis no Planeta vão sendo renovadas; esses ciclos são conhecidos como “eras”.

Em cada época há uma tendência de incluir coisas na lista do esquecimento; coisas que aconteceram em outros tempos e que agora fazem parte da lista esquecida. Inclusive dos nossos talentos individuais e dos nossos defeitos de caráter. À medida que a lembrança é ativada, a resposta individual – que depende da evolução e do estado de consciência da pessoa enquanto “ser criado” - é confrontada com a mudança real da verdade.

Neste exato momento a vida no planeta Terra está sofrendo uma transformação sem precedentes; em grande escala! Em nenhum outro tempo a humanidade foi solicitada a tal estado de questionamento e reflexão. Tanto sobre o que é real, quanto sobre o que deve observar mais de perto para descobrir jeitos de adaptar-se.

Até mesmo para vocês que são Trabalhadores da Luz já experimentados é possível ocorrer estados de ansiedade, quando descobrirem que todo o treinamento inicial que tiveram, na vida, não foi suficiente para prepará-los para o nível de desapego que agora está em marcha. Sejam gentis e amáveis com vocês mesmos, agora que estão descobrindo que há luz, além da escuridão. Haverá dias em que as coisas serão mais fáceis e, outros, em que tudo será mais difícil.

Retirando as viseiras

Em muitos casos será como o cavalo de corrida ao qual depois da prova retiram-se as viseiras antes de soltá-lo ao pasto aberto. Algumas vezes ele responderá como se fora selvagem, correndo tão rápido quanto pode, em direção à liberdade, mesmo que não tenha em mente nenhum destino específico.

Outras vezes o cavalo mover-se-á suavemente e sem esforço, até o campo aberto, sentindo-se confiante e feliz. Em determinadas ocasiões poderá ficar em pé, no lugar, imóvel e aturdido. Se estiver suficientemente exasperado poderá agitar-se e escoicear o treinador, em gesto de rebeldia. Se for solto com outros cavalos, no entanto, o seu instinto de manada poderá entrar em ação e, nesse caso, seguirá a égua líder dominante, sem qualquer outra preocupação.

Muitas vezes as pessoas agem de modo similar ao cavalo de raça que está sendo enfrenado; sentem necessidade de fazer mudanças radicais e de formular perguntas, sem influência externa. Mesmo havendo uma sábia tendência de fechar-se para as restrições, é normal que não vejam com muita clareza sobre onde estão se escondendo. Poderiam ver tudo com mais desembaraço se tivessem mais experiência e mais confiança em sua sabedoria interna e em seu coração.

Sem um plano inteligente a pessoa que se esconde de si mesma jamais estará em situação melhor do que antes.

De forma semelhante, frequentemente as pessoas permitem que o medo se transforme em força imobilizante que as impede de realizar grandes coisas.

Esse empacotamento da capacidade mental, que o medo e os apegos provocam, é um obstáculo seríssimo; especialmente nestes tempos em que há a tendência de as pessoas sentirem-se sozinhas e desejarem interagir com outras.

Dez perguntas para o ano 2010

Para evitar ser como o cavalo de corrida, selvagem, no ano 2010, aqui está uma lista de 10 perguntas que poderão ser feitas regularmente. Voltem a elas cada vez que desejarem maior clareza sobre as coisas ou quando desejarem um foco mais firme sobre elas; quando desejarem mais equilíbrio e mais confiança na sua luz interior:

1 Enquanto considero uma situação ou um tema, estou observando tanto os detalhes relevantes como a situação principal?

2 Qual é a peça chave que está faltando na informação que me permitirá o necessário conhecimento sobre um tema ou situação?

3 O que está me impedindo de ver o que preciso ver?

4 Como é que posso estar sabotando meu próprio progresso?

5 De que maneira estou entregando meu poder?

6 Qual é a única mudança que poderia fazer em minha vida para desfazer, radicalmente, o condicionamento rígido do passado e transmutá-lo para um estado mais iluminado?

7 Quando ouço notícias mundiais da atualidade e as comparo com as profecias sobre o ano 2012, como saber o que é verdadeiro, o que me incute medos e quais delas me causam a sensação de esperança em maior grau?

8 Quando sou mais transparente e verdadeiro comigo mesmo, com meus semelhantes e com o mundo à minha volta, quão confortável me sinto?

9 Que coisas tenho medo de saber sobre mim mesmo?

10 Já me lembrei, hoje, que sou um Divino Feitor de Mudanças; e tenho consciência sobre o que significa isso?

Sua Única Escolha

Vocês terão, realmente, uma escolha a fazer quando chegar a hora da mudança. Estarão sentindo-se como verdadeiros Divinos Feitores de Mudanças, ou estarão permitindo-se ser vítimas das mudanças?

Quando sentirem-se necessitados de continuar a viagem para redescobrir sua natureza Divina, nós os envolveremos com o nosso amor e com as nossas bênçãos. Nós somos O Conselho dos 12.


Copyright 2009 by Selacia, Canal para El Concejo de los 12,
* All Rights Reserved *
http://www.Selacia.com Traducción al español: Alicia Virelli

=> cortesia de Ysolina Martins